10 lugares para visitar antes que eles desapareçam

Da charmosa cidade de Veneza, na Itália, até a Grande Barreira de Corais, na Austrália, confira os lugares fantásticos que podem desaparecer nos próximos anos
A Grande Barreira de Corais, na Austrália, é a maior estrutura viva do mundo e, devido à poluição das águas, pode desaparecer em 100 anos
A Grande Barreira de Corais, na Austrália, é a maior estrutura viva do mundo e, devido à poluição das águas, pode desaparecer em 100 anos

O mundo está repleto de paisagens espetaculares e na hora de decidir um roteiro de viagem é difícil escolher apenas um destino. As belezas naturais sempre impressionam com as montanhas grandiosas, praias com água cristalina ou pela enorme quantidade de espécies de animais. Porém, é importante levar em conta que algumas das atrações turísticas mais incríveis estão sofrendo com o aquecimento global e a poluição, podendo desaparecer em poucos anos.

É o caso da famosa Grande Barreira de Corais, na Austrália. A maior estrutura viva do mundo, com 2,9 mil quilômetros de extensão é uma das maravilhas do mundo natural, Patrimônio Mundial da Unesco e um dos lugares mais lindos para fotografar. Milhares de viajantes visitam o local, principalmente mergulhadores e quem quer praticar snorkeling para admirar a biodiversidade marinha. Porém, devido às mudanças climáticas e poluição, o local podem desaparecer em menos de 100 anos. Também é o caso do Mar Morto, um dos principais destinos de quem está em Israel ou na Jordânia. Em 50 anos, ele perdeu 30% da sua superfície.

Mas não são só as belezas naturais que podem desaparecer. A charmosa cidade de Veneza, considerada a mais romântica e preferida por casais em lua de mel, é um local que sofre com o aumento do nível dos oceanos e pode ficar submersa até o próximo século. Já é possível observar os efeitos da água com algumas casas parcialmente invadidas pela água e o chão completamente inundado no inverno. Nas Ilhas Maldivas, no Oceano Índico, diversas famílias já foram obrigadas a se realocarem para ilhas mais estáveis, pois algumas já estão sendo invadidas pela água e desaparecendo.

Confira na galeria 10 lugares para visitar antes que eles desapareçam, selecionados pela conceituada revista "Time":

Parque Nacional Glacier, EUA: o enorme parque, que fica no estado de Montana e faz fronteira com o Canadá, abriga uma biodiversidade impressionante. Ele possui 130 lagos, mais de mil espécies de plantas e centenas de espécies de animais. Sua extensão conta com mais de 4 mil quilômetros quadrados com duas cadeias montanhosas. Uma das principais atrações do local são as geleiras, porém elas estão desaparecendo. O local já possuiu mais de 150 geleiras, mas, atualmente, há somente 25 devido ao aquecimento global.

GOSTOU DA MATÉRIA?

4
0
0
0

Siga a gente

Não perca nada do Pureviagem siga a gente no Facebook e Twitter:

As mais lidas

Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares
Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares

Das Cataratas do Iguaçu aos Lençóis Maranhenses, passando pelo Pantanal, selecionamos 30 paisagens das cinco regiões do país para contemplar e inspirar a viajar pelo Brasil

Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG
Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG

Local foi descoberto na década de 1960, e desde então, atrai ecoturistas por suas belezas naturais. São 18 piscinas, oito cachoeiras e inúmeras opções de passeios

Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"
Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"

O destino alagoano oferece piscinas naturais, praias de águas cristalinas, boa gastronomia e atividades para todos os tipos de viajantes

Comente!

comments powered by Disqus