Antártica vai abrigar maior reserva marinha do mundo

Com mais de 1,5 milhão de quilômetros quadrados, Mar de Ross passa a ser área de proteção ambiental a partir de 2017
Região abriga um terço da população de pinguins de Adélia e pinguins imperadores do planeta
Região abriga um terço da população de pinguins de Adélia e pinguins imperadores do planeta

A partir de 2017, o mar de Ross, na Antártica, será a maior reserva marinha do mundo. A área de proteção foi definida num acordo feito no final de outubro de 2016, entre representantes de 24 países e da União Europeia. Com mais de um milhão e meio de quilômetros quadrados, tamanho equivalente ao Alasca, a região é considerado um dos únicos ecossistemas marinhos intactos do planeta.

A reserva entra em vigor apenas em dezembro de 2017, e passa a valer como área de proteção ambiental por 35 anos. O acordo - feito entre países membros da Convenção para a Conservação dos Recursos Vivos Marinhos da Antártida (CCRVMA) -, proíbe a pesca comercial em 72% dessa região. Nas demais áreas, a atividade será monitorada e terá limitações.

Países como os Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia tentam há alguns anos a implementação do santuário ecológico, mas esbarram em questões diplomáticas envolvendo, principalmente, a Rússia e a China. Por isso, o tratado é visto como uma vitória pelos membros da CCRVMA.

O Mar de Ross é um dos ecossistemas mais intactos do mundo. A região da Antártica é famosa por abrigar uma das maiores diversidades de focas, peixes e baleias, além de reunir quase um terço da população de pinguins de Adélia e pinguins imperadores do planeta.

A nova reserva ultrapassa em tamanho o Monumento Nacional Marinho Papahanaumokuakea, no Havaí, que tem cerca de 1,5 milhão de quilômetros quadrados. Curiosamente, a área de proteção havaiana foi assinada também em 2016 pelo presidente americano Barack Obama.

Além do Brasil, os outros países que assinaram o tratado da Antártica foram Argentina, Austrália, Bélgica, Bulgária, Canadá, Chile, China, Ilhas Cook, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Índia, Itália, Japão, Coreia do Sul, Ilhas Maurício, Namíbia, Holanda, Nova Zelândia, Noruega, Paquistão, Panamá, Peru, Polônia, Rússia, África do Sul, Espanha, Suécia, Ucrânia, Reino Unido, Estados Unidos, Uruguai e Vanuatu.

GOSTOU DA MATÉRIA?

1
0
0
0

Siga a gente

Não perca nada do Pureviagem siga a gente no Facebook e Twitter:

As mais lidas

Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares
Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares

Das Cataratas do Iguaçu aos Lençóis Maranhenses, passando pelo Pantanal, selecionamos 30 paisagens das cinco regiões do país para contemplar e inspirar a viajar pelo Brasil

Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG
Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG

Local foi descoberto na década de 1960, e desde então, atrai ecoturistas por suas belezas naturais. São 18 piscinas, oito cachoeiras e inúmeras opções de passeios

Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"
Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"

O destino alagoano oferece piscinas naturais, praias de águas cristalinas, boa gastronomia e atividades para todos os tipos de viajantes

Comente!

comments powered by Disqus