Deserto do Atacama: roteiro de viagem para 3, 5 e 7 dias!

Veja sugestões de passeios no deserto mais seco e alto do planeta
Atacama mistura vulcões, montanhas andinas, lagoas e uma paisagem árida exuberante
Atacama mistura vulcões, montanhas andinas, lagoas e uma paisagem árida exuberante

Poucos lugares no mundo têm paisagens tão exóticas quanto o Deserto do Atacama, no Chile. O deserto mais árido e alto do planeta é capaz de arrebatar até mesmo os turistas mais experientes, com um cenário que mistura vulcões, gêiseres, formações geológicas pitorescas, e uma biodiversidade inimaginável para um deserto. Por todas essas características, o Atacama tem se tornado um dos principais destinos de mochileiros e aventureiros na América do Sul.

Por lá, não espere hotéis megaconfortáveis, restaurantes de renome internacional, ou a infraestrutura de uma capital. O grande barato é curtir os extremos do deserto, onde a temperatura ultrapassa os 30ºC durante o dia, e fica abaixo dos 10ºC à noite. No entanto, não se assuste: há boas opções de hospedagem para suportar essa variação térmica.

A cidade base para os passeios no deserto é San Pedro de Atacama. Como não há voos diretos do Brasil, é preciso fazer conexão em Santiago e, depois, pegar um outro avião para a cidade de Calama, a cerca de 100 quilômetros de San Pedro. Do aeroporto, ainda é preciso contratar um transfer até o pequeno município, que tem menos de 10 mil habitantes.

Calama fica a cerca de 100 quilômetros de San Pedro de Atacama. Estrada de acesso é boa
Calama fica a cerca de 100 quilômetros de San Pedro de Atacama. Estrada de acesso é boa

O ideal é ficar, no mínimo, cinco dias para curtir as atrações. No entanto, é possível aproveitar das belezas do deserto em menos ou mais dias. O tempo só definirá o ritmo e a prioridade dos passeios. Para lhe ajudar nessa missão árdua de escolher o que fazer no Atacama, elaboramos um roteiro de três, cinco e dez dias de viagem. Confira a seguir!

Roteiro de 3 noites

De antemão, saiba que três dias é pouco tempo, e você terá que ter disposição para encarar a maratona! Para aproveitar o Atacama, o ideal é escolher um voo que chegue pela manhã em Calama. Desta forma, você ainda poderá aproveitar o primeiro dia para turistar. Deixe sua bagagem no hotel, e consulte uma das agências de turismo de San Pedro para conhecer o Valle de la Luna e o Valle de la Muerte. Trata-se de um conjunto fascinante de formações geológicas que parecem ter sido retiradas da Lua. A atração fica bem próxima à cidade, tem cerca de quatro horas de duração e, por isso, dá para fazer no primeiro dia. À noite, aproveite para bater perna na pequena Calle Caracoles, a rua central de San Pedro, que é repleta de lojinhas e restaurantes charmosos.

Calle Caracoles é a rua mais movimentada da pacata San Pedro de Atacama
Calle Caracoles é a rua mais movimentada da pacata San Pedro de Atacama

No segundo dia, acorde cedo e faça um café da manhã reforçado. É dia de conhecer o Salar de Atacama, o segundo maior deserto de sal do mundo, atrás apenas do Salar de Uyuni, na Bolívia. A grande atração da região são as Lagunas Altiplânicas, um conjunto de lagos exuberantes a cerca de 60 quilômetros de San Pedro. O visual das lagoas - principalmente das lagunas Miscanti e Meñiques -, impressiona, e forma um belo contraste com a vegetação rasteira, as montanhas vulcânicas, e os flamingos, que são os principais habitantes da região.

As lagoas se localizam a quase quatro mil metros de altitude. Por isso, é preciso se prevenir para evitar os efeitos do ar rarefeito e da variação térmica. Leve agasalhos e vá com roupas frescas por baixo, pois de manhã, a temperatura pode ficar abaixo dos 10ºC e pode chegar aos 30ºC no decorrer do dia. Além disso, carregue no bolso as famosas folhas de coca, que são mastigáveis e servem para diminuir os efeitos da altitude. À noite, durma cedo, pois o dia seguinte é intenso.

No terceiro dia, é preciso acordar de madrugada para aproveitar o passeio. É dia de conhecer os Gêiseres del Tatio, um conjunto de crateras que expelem vapor para a superfície, graças à ação vulcânica. Como o fenômeno acontece ao amanhecer, é preciso sair de San Pedro de Atacama ainda na madrugada. Por isso, coloque o mais pesado dos seus casacos, e vá munido de folhas de coca, pois a altitude ultrapassa os quatro mil metros.

Lagoa Miscanti é uma das mais belas das Lagunas Altiplânicas
Lagoa Miscanti é uma das mais belas das Lagunas Altiplânicas

Com o amanhecer, os gêiseres começam a expelir vapor, formando um cenário que beira o surreal. Depois de contemplar o fenômeno, os visitantes recebem um saboroso café da manhã ali mesmo, ao ar livre. Por fim, é possível tomar banho em piscinas naturais com águas que chegam aos 40ºC. No entanto, é preciso ter coragem, já que a temperatura externa ainda está próxima os 0ºC nessa hora. Na volta, é o de tempo passear pela Caracoles e descansar, para encarar a maratona de retorno.

Roteiro de 5 noites

É o tempo ideal para aproveitar o Atacama em sua plenitude. Neste caso, vale tirar o primeiro dia para se ambientar ao clima e à altitude do deserto. A dica é bater perna pela pequena Calle Caracoles, conhecer suas lojinhas, comer e fazer um primeiro contato com as agências de turismo. Também conheça o Museu Arqueológico.

No segundo dia, aproveite para acordar um pouco mais tarde (não muito!). É dia de conhecer o Valle de la Luna e o Valle de la Muerte. Tire boas fotos, caminhe pelas rochas, e admire a imensidão do deserto mais seco do planeta. Com um pouco de sorte, você verá alguns animais típicos da região, como as lhamas e as raposas.

Valle de la Luna é o passeio que requer menos esforço físico no Atacama
Valle de la Luna é o passeio que requer menos esforço físico no Atacama

No terceiro dia, a dica é aproveitar a Laguna Cejar, uma lagoa que é mais salgada que o Mar Morto. Por lá, é possível tomar banho em suas águas, onde a salinidade simplesmente impede que os banhistas afundem! Para tirar todo esse sal, há chuveiros de água doce no local. Depois, o passeio segue para os Ojos del Salar, que são duas lagoas dentro de crateras vulcânicas. Também é possível mergulhar, mas neste caso, a salinidade já não é tão grande (e o corpo afunda).

O Salar de Atacama é a grande atração do quarto dia, juntamente com as Lagunas Altiplânicas. Escolha uma agência que estique o tour até Piedras Rojas, que é mais uma região com características geológicas pitorescas. Por fim, dedique o quinto dia para os Gêiseres del Tatio, já que este é o local de maior altitude entre as atrações do deserto.

Roteiro de 7 noites

Em 5 noites, é possível fazer todos os passeios com tranquilidade, e ainda conhecer regiões mais afastadas do Atacama. Nos primeiros dias, faça os passeios na mesma ordem do roteiro de cinco noites. Deixe, impreterivelmente, os passeios de maior altitude para os últimos dias, para melhor aclimatação.

Erupção dos Gêiseres del Tatio acontece ao amanhecer. Por isso, é preciso acordar na madrugada para acompanhar o fenômeno
Erupção dos Gêiseres del Tatio acontece ao amanhecer. Por isso, é preciso acordar na madrugada para acompanhar o fenômeno

Depois de conhecer o Salar de Atacama (veja a ordem dos passeios no roteiro acima), dedique o quinto dia para conhecer os Gêiseres del Tatio. No dia seguinte, aproveite para conhecer o Salar de Tara, uma região a cerca de 250 quilômetros de San Pedro, que impressiona pelas formações geológicas gigantescas, às margens de lagoas de sal. Como é um local bem mais afastado, o passeio dura o dia inteiro, mas o cansaço é totalmente recompensado, apesar dos mais de 4.500 metros de altitude (esse é o passeio mais alto da região).

No último dia, aproveite para descansar da maratona de caminhadas e altitudes extremas. Nossa dica é ir ao Termas de Puritama, um complexo com nove piscinas naturais termais, não muito longe de San Pedro. Se ainda tiver disposição, pode substituir esse passeio por algo mais radical. Vale investir em um bike tour pelo Valle de la Luna, uma pedalada exuberante por mais de 20 quilômetros até as pitorescas formações geológicas. À noite, consulte uma das agências para fazer o Tour Astronômico, uma excursão para observação do céu do Atacama, que é considerado um dos mais limpos do planeta! É hora de descansar para outra maratona: a de retorno ao Brasil.

GOSTOU DA MATÉRIA?

2
1
0
0

Siga a gente

Não perca nada do Pureviagem siga a gente no Facebook e Twitter:

As mais lidas

Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares
Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares

Das Cataratas do Iguaçu aos Lençóis Maranhenses, passando pelo Pantanal, selecionamos 30 paisagens das cinco regiões do país para contemplar e inspirar a viajar pelo Brasil

Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG
Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG

Local foi descoberto na década de 1960, e desde então, atrai ecoturistas por suas belezas naturais. São 18 piscinas, oito cachoeiras e inúmeras opções de passeios

Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"
Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"

O destino alagoano oferece piscinas naturais, praias de águas cristalinas, boa gastronomia e atividades para todos os tipos de viajantes

Comente!

comments powered by Disqus