Dicas de viagem: Conheça Jalapão, o paraíso escondido do Tocantins

Você vai ficar encantado com sua biodiversidade!
O Jalapão é dono de um dos poucos rios de água potável existentes no mundo. O Rio Novo é incrível!
 O Jalapão é dono de um dos poucos rios de água potável existentes no mundo. O Rio Novo é incrível!

Dono de uma das paisagens mais incríveis e diversas do país, o Parque Estadual do Jalapão é o destino perfeito para quem é fã da natureza e de passeios radicais. Localizado em Tocantins, a área de preservação ambiental encanta por seus chapadões, serras, cachoeiras, savanas, cerrado e dunas. Por isso, o parque acaba concorrendo e ficando páreo a páreo com Chapada dos Veadeiros e a dos Guimarães.

No entanto, a concorrência nem sempre foi justa. Durante muito tempo o parque ficou esquecido e acabava naturalmente ofuscado pelas duas Chapadas. Hoje, o Jalapão recebe diversas empresas que fazem passeios turísticos e atrai cada vez mais a atenção de turistas brasileiros e internacionais.

Considerado a maior e mais biodiversa área de proteção ambiental do estado, o Parque Estadual pode ser visitado durante o ano todo. No entanto, a gente indica que você evite o período de chuvas, normalmente no verão, quando as trilhas ficam mais escorregadias.

Se você curtiu a ideia de fazer uma viagem mais natureba com direito a muita aventura, dá uma olhadinha nas nossas dicas!

COMO CHEGAR:

A Cachoeira Velha é uma das principais atrações do parque
 A Cachoeira Velha é uma das principais atrações do parque

Localizado a leste de Tocantins, o Parque Estadual, que envolve sete municípios, tem como principal ponto de partida Palmas, a capital do estado. Isso porque as principais agências de turismo que oferecem os passeios partem de lá. Sem contar que é o lugar mais próximo, que conta com infraestrutura de primeira.

Se você optar por se aventurar sozinho no Jalapão é preciso ao menos chegar lá, né? Saindo de Palmas, é preciso seguir a TO-050 até Porto Nacional. De lá, você deverá pegar a T0-255 até Ponte Alta do Tocantins, onde começa o parque.

QUANDO IR:

De antemão, já te avisamos que o Jalapão pode ser visitado o ano inteiro. A dica, porém, é conhecê-lo entre os meses de maio e setembro, época em que a chuva nem faz cócegas.

ONDE FICAR:

Acredite se quiser, o Jalapão é também cheio de dunas!

  Acredite se quiser, o Jalapão é também cheio de dunas!

Você encontrará as principais e melhores hospedagens nos municípios que fazem parte do parque, é claro. Dentre eles, estão Mateiros, Ponte Alta do Tocantins, Novo Acordo e Aparecida do Rio Negro.

As opções não são as mais luxuosas. Ao chegar lá, você encontrará pousadas simples, familiares e ao mesmo tempo, super hospitaleiras. A dica é hospedar-se nas cadastradas no site oficial do turismo do Tocantins, afinal, elas têm selo de qualidade!

Cantinho de Minas, em Aparecida do Rio Negro, Vereda Tropical, em Mateiros, Araras, em Novo Acordo e Beira Rio, em Ponte Alta do Tocantins estão entre as melhores da região. No entanto, indicamos hospedar-se em Mateiros ou Ponte Alta do Tocantins, as cidades com melhor infraestrutura turística da região.

ONDE COMER:

Você encontrará opções bem simples e caseiras por lá. Afinal, não é preciso muito requinte ou luxo, já que você está indo para o meio do mato, literalmente. Em viagens como essa, o que queremos mesmo é um bom lugar para fazer uma refeição gostosa e que alimente, não é verdade?

Por isso, faça uma visita aos restaurantes Beira Rio, em Novo Acordo, e Portal do Jalapão e Dunas do Jalapão, em Ponta Alta do Tocantins.

O QUE FAZER:

A prainha da Cachoeira Velha separa-se da cachoeira apenas por uma trilha, de uma hora, bem tranquila. Você vai amar descansar lá!
  A prainha da Cachoeira Velha separa-se da cachoeira apenas por uma trilha, de uma hora, bem tranquila. Você vai amar descansar lá!

Cachoeira Velha: Considerada uma das principais atrações do parque, a Cachoeira Velha possui duas quedas de 15 metros de altura, de tirar o fôlego

Prainha da Cachoeira Velha: A prainha separa-se da cachoeira apenas por uma trilha bem tranquila e bastante utilizada para camping. Com água doce, o local é ótimo para quem quer tirar um descanso e tomar um banho

Dunas: Localizada na cidade de Mateiros, as dunas do Jalapão dão ao visitante uma visão incrível de todo o parque. Seu pico mais alto situa-se a 40 metros de altura, de onde se pode ver os lagos transparentes e a Serra do Espírito Santo

Cachoeira da Formiga: Também localizada em Mateiros, a Cachoeira da Formiga possui uma queda d'água bem pequena e água de cor verde-esmeralda.

A cor verde-esmeralda das águas da Cachoeira da Formiga encantam todos os visitantes
 A cor verde-esmeralda das águas da Cachoeira da Formiga encantam todos os visitantes

Fervedouro: São poços de água azul cristalina no meio da vegetação fechada, vindos de rios subterrâneos. Espalhados pelo parque, eles contam com o fenômeno de ressurgência, no qual os banhistas podem ficar boiando na água sem afundar

Mumbuca: O povoado de Mumbuca está localizado a 36 quilômetros de Mateiros e é originário dos quilombos. A famosa planta capim dourado, bastante utilizada na confecção de peças artesanais, como jogos americanos, é a fonte de renda dessa tribo.

Serra do Espírito Santo: Considerada cartão-postal e principal mirante do parque, a Serra do Espírito Santo é ideal para apreciar a paisagem

Rio Novo: O Rio Novo, um dos poucos rios de água potável existentes no mundo, possui água cristalina e praias nas suas margens.

GOSTOU DA MATÉRIA?

2
0
0
0

Siga a gente

Não perca nada do Pureviagem siga a gente no Facebook e Twitter:

Nossas recomendações

Réveillon no Brasil: qual praia combina mais com você?

Região mais concorrida do país no réveillon, litoral brasileiro reúne destinos consagrados e vilarejos rústicos até na virada

Brasil: país é perfeito para fazer atividades radicais. Veja onde!

Qual seu esporte preferido para sentir aquele "frio na barriga" em meio a cenários espetaculares?

Os lugares mais relaxantes do Brasil

Você não precisa se enfiar num spa para relaxar! Conheça destinos perfeitos para desacelerar e aproveitar a natureza!

As mais lidas

Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares
Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares

Das Cataratas do Iguaçu aos Lençóis Maranhenses, passando pelo Pantanal, selecionamos 30 paisagens das cinco regiões do país para contemplar e inspirar a viajar pelo Brasil

Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG
Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG

Local foi descoberto na década de 1960, e desde então, atrai ecoturistas por suas belezas naturais. São 18 piscinas, oito cachoeiras e inúmeras opções de passeios

Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"
Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"

O destino alagoano oferece piscinas naturais, praias de águas cristalinas, boa gastronomia e atividades para todos os tipos de viajantes

Comente!

comments powered by Disqus