Dicas de viagem: Edimburgo! Uma das melhores cidades do Reino Unido

A capital escocesa é apaixonante!
Edimburgo é uma das cidades preferidas do Reino Unido
Edimburgo é uma das cidades preferidas do Reino Unido

Entre os melhores motivos para visitar o Reino Unido está Edimburgo. A capital da Escócia foi eleita recentemente a segunda cidade preferida da região. E não é pra menos. Dividido em duas partes, o lugar encanta turistas e moradores por sua atmosfera convidativa, belezas naturais inigualáveis e passado rico. Em Old Town está localizado um castelo medieval construído sobre um vulcão, enquanto New Town é a parte mais nova, apesar de clássica e elegante.

A capital escocesa tem um centro histórico compacto, formado por ruas labirínticas que se encontram a todo instante, entre subidas e descidas. A dica é explorar as muitas livrarias antigas que se escondem no coração da cidade. Após o pôr do sol, quando a temperatura cai, o clima dos restaurantes e pubs fica ainda mais convidativo para bebericar os melhores rótulos de Scotch.

Que tal se apaixonar por Edimburgo? Confira, abaixo, dicas de viagem para a capital da Escócia!

A cidade é rica em história
A cidade é rica em história

Como chegar?

Quem sair do Brasil vai precisar pegar um avião. As companhias aéreas British, KLM, Air France e Ibéria realizam voos para Edimburgo fazendo conexão em suas respectivas cidade-sedes.Quem estiver em Londres tem uma opção barata e rápida: ir de trem.

A capital escocesa tem um centro histórico compacto
A capital escocesa tem um centro histórico compacto

Onde ficar?

Apesar de a libra ser uma moeda cara, Edimburgo oferece uma boa estrutura hoteleira, com opções que vão desde bed and breakfast baratos até hotéis luxuosos e aluguel de apartamentos. Depois de decidir o tipo de acomodação é hora de escolher a localização. Como você já sabe, a cidade é dividida em "Old Town" (cidade velha) e "New Town" (cidade nova).

Quem quiser ficar perto de uma grande variedade de restaurantes e vida noturna animada, deve optar por Old Town. Por outro lado, os interessados em um local com boas lojas para fazer compras e clima residencial podem escolher as acomodações de New Town.

O Castelo de Edimburgo é uma das atrações mais populares
O Castelo de Edimburgo é uma das atrações mais populares

O que comer?

Além dos restaurantes, Edimburgo, assim como Londres, tem uma enorme variedade de pubs, onde é possível encontrar cardápios variados com pratos regionais e de outras culturas. Também é bastante comum pratos com peixes e frutos do mar, especialmente por causa da proximidade da costa. Neste caso, os destaques ficam por conta do salmão e do famoso fish and chips (peixe com batatas) .

Para quem não quiser perder a oportunidade de experimentar a comida típica da Escócia, a dica é pedir haggis (vísceras de carneiro), scotch broth (sopa com vegetais e carne) e, para a sobremesa, oatcakes (uma espécie de panqueca com queijo, mel e framboesa).

O fish and chips é um dos pratos mais tradicionais
O fish and chips é um dos pratos mais tradicionais

E beber?

Pinguços de plantão e apreciadores de uma boa bebida já sabem que uma viagem para a Escócia não é a completa sem algumas doses de uísque. A bebida, super tradicional no país, pode ser degustada pura ou com um pouco de água em temperatura ambiente para realçar o sabor.

Quem visita a Escócia não pode deixar de degustar um bom uísque
Quem visita a Escócia não pode deixar de degustar um bom uísque

Como se locomover?

Quem não quiser alugar um carro não precisa se preocupar, já que o sistema de transporte público de Edimburgo é excelente. São duas companhias de ônibus, a First e Lothian Buse. Para todo e qualquer lugar que você deseje ir na cidade existe uma linha de ônibus que atende ao passageiro/turista/morador. Mas atenção: os tickets de uma não servem para a outra, pois são duas companhias independentes.

O transporte público da cidade é de alta qualidade
O transporte público da cidade é de alta qualidade

O que fazer?

Castelo de Edimburgo - Uma das atrações mais visitadas da Escócia, o Castelo de Edimburgo começou a ser construído no século 9, em cima de monte que é um vulcão extinto, mas só ganhou sua aparência atual no século 16. No local ainda é possível encontrar as jóias da Coroa Escocesa, a Pedra do Destino e o Museu Nacional da Guerra da Escócia.

Palácio Holuroodhouse - O belíssimo edifício começou a ser construído no século 12 e se tornou a principal residência real da Escócia a partir do século 15. Em uma visita é possível visitar o local e admirar os aposentos, jardins e a Galeria da Rainha.

Na Scottish National Gallery estão expostas obras do Renascimento até o fim do século 19
Na Scottish National Gallery estão expostas obras do Renascimento até o fim do século 19

National Galleries of Scotland - Por aqui você vai encontrar exposições dos temas mais distintos, como obras de arte clássicas, contemporâneas, galerias que tratam de ciência, tecnologia, biologia e história.

Museum of Scotland - Especialmente para quem estiver viajando com crianças, o Museum of Scotland não pode deixar de estar no roteiro. O local abriga coleções sobre a história e a cultura da Escócia de forma muito interativa. Os pequenos vão se encantar com as diversas réplicas animais expostos.

Scottish National Gallery - Ao andar pelo centro da cidade, não deixe de parar na Scottish National Gallery, onde estão expostas obras do Renascimento até o fim do século 19.

O Museum of Scotland abriga coleções sobre a história e a cultura da Escócia de forma muito interativa
O Museum of Scotland abriga coleções sobre a história e a cultura da Escócia de forma muito interativa

Câmara Obscura e World of Illusions - Fica no alto do edifício Royal Mile e oferece um panorama da cidade de uma forma nada comum, funcionando como se o visitante estivesse dentro de uma enorme câmera pinhole. No mesmo lugar está o museu interativo World of Illusions.

Circuito subterrâneo Mary King's Close - Uma atração nada comum é caminhar no circuito subterrâneo, cenário de diversas lendas e histórias macabras. No passado, os chamados "close" eram os becos do século 17 que, anos depois, foram usados como base para as novas construções, se tornando subterrâneos. O mais famoso é o Mary King's Close, que foi reaberto em 2003 e se transformou em uma atração turística. Segundo as histórias, o lugar foi palco de diversas mortes, decapitações e área de quarentena para quem pegava a peste negra.

GOSTOU DA MATÉRIA?

0
0
0
0

Siga a gente

Não perca nada do Pureviagem siga a gente no Facebook e Twitter:

Nossas recomendações

Viajar para Europa: Roteiros de trem são alternativa diferente

Os trens são tão rápidos que permitem que você otimize sua viagem, podendo conhecer mais destinos em menos tempo

Islândia ainda vê turismo em crescimento por causa da Eurocopa

O grito de guerra "Huh" virou a melhor propaganda que os islandeses poderiam gerar para popularizar a imagem do país

Dicas de viagem: Romênia, o destino que inspirou "Drácula"

O país do Leste Europeu reserva um roteiro repleto de belezas e mistérios

As mais lidas

Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares
Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares

Das Cataratas do Iguaçu aos Lençóis Maranhenses, passando pelo Pantanal, selecionamos 30 paisagens das cinco regiões do país para contemplar e inspirar a viajar pelo Brasil

Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG
Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG

Local foi descoberto na década de 1960, e desde então, atrai ecoturistas por suas belezas naturais. São 18 piscinas, oito cachoeiras e inúmeras opções de passeios

Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"
Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"

O destino alagoano oferece piscinas naturais, praias de águas cristalinas, boa gastronomia e atividades para todos os tipos de viajantes

Comente!

comments powered by Disqus