Dicas de Viagem: Montreal! O que fazer na bela cidade canadense

Segunda maior cidade francesa do mundo, Montreal é a capital cultural e gastronômica do Canadá!
Montreal é uma das cidades mais desenvolvidas da América do Norte
Montreal é uma das cidades mais desenvolvidas da América do Norte

Montreal é o epicentro cultural do Canadá. Graças à ocupação europeia na região, a cidade ganhou uma atmosfera única, com contrastes na arquitetura, na gastronomia, nos costumes e, principalmente no idioma. Hoje, a metrópole é a segunda maior cidade francesa do mundo - atrás apenas de Paris -, e impressiona pela quantidade de museus, teatros, centros culturais, galerias de arte e até espetáculos circenses, incluindo a matriz do icônico Cirque du Soleil.

Por toda essa influência, as comparações com a Cidade Luz são quase inevitáveis. O Centro Histórico de Montreal (Vieux-Montréal) parece uma filial de Paris, com centenas de casarões de arquitetura típica do Velho Continente. Nas ruas, uma mistura do francês com o inglês forma quase um idioma próprio. Trata-se de uma cidade com perfil único.

A maior cidade da província de Quebec é formada por uma ilha ligada a diversas ilhotas, no coração do rio Saint Lawrence. Para completar o caldeirão turístico, a cidade também conta com uma das melhores vidas noturnas do planeta, comparando-se à agitação de cidades como São Paulo, Berlim e Ibiza. Na América do Norte, só perde para Nova York em número de restaurantes.

Como chegar

Montreal é a segunda maior cidade do Canadá, e o Aeroporto Internacional Pierre Elliott Trudeau, que serve a metrópole, é um dos mais movimentados do país. Não há voos diretos para a cidade. No entanto, a companhia Air Canada tem voos diários de São Paulo para Toronto - onde há conexões - e três voos semanais do Rio de Janeiro para Toronto. Se você já estiver em solo canadense, a dica é ir para Montreal de trem ou de ônibus, que são mais baratos.

Aeroporto de Montreal é um dos mais movimentados do Canadá
Aeroporto de Montreal é um dos mais movimentados do Canadá

Onde ficar

Montreal é uma cidade segura e bem estruturada. Por isso, há boas opções de hospedagem em diversas regiões da cidade. Um dos melhores bairros é a Vieux-Montréal, o Centro Histórico, famoso por suas ruas estreitas de pedra e suas construções centenárias. Outra boa dica é optar pelo centro da cidade (Centre-Ville), que tem boas opções de hotéis e albergues.

Onde comer

A gastronomia é uma atração à parte em Montreal. A cidade tem uma quantidade de restaurantes comparada apenas com a de Nova York em toda a América do Norte. Graças aos reflexos da mistura cultural, a cidade conta com os mais diversos estabelecimentos, desde fast foods de comida regional, até locais premiados da culinária contemporânea. Por isso, aproveite as regiões mais turísticas da metrópole, especialmente nos arredores da Vieux-Port, Vieux-Montréal e Centre-Ville, onde concentram-se boa parte dos restaurantes. Não esqueça de bater perna pela galeria subterrânea da cidade!

Região do Centro Histórico (Vieux-Montréal) concentra excelentes restaurantes
Região do Centro Histórico (Vieux-Montréal) concentra excelentes restaurantes

O que fazer

Centro Histórico - Chamado de Vieux-Montréal (Velha Montreal), o Centro Histórico é um pedacinho da Europa na cidade. As estreitas ruas de paralelepípedos são ocupadas por belíssimas construções datadas dos séculos 18 e 19, incluindo igrejas, casarões e museus premiados. Para conhecer a trajetória local, nada melhor que começar o roteiro pelo Pointe-à-Callière - o museu de arqueologia e história - e o interessante Museu Marguerite-Bourgeoys, que fica ao lado da capela mais antiga da cidade (conhecida como a "Igreja dos Marinheiros").

Perto dali, a Basílica de Notre-Dame é visita praticamente indispensável. A igreja foi construída entre os anos de 1824 e 1829 em estilo neogótico, e até hoje preserva boa parte da arquitetura. No interior, vitrais, afrescos, entalhes em madeira e imagens sacras douradas mostram toda a suntuosidade da construção.

Centro Histórico é famoso por suas construções centenárias bem preservadas
Centro Histórico é famoso por suas construções centenárias bem preservadas

Antigo Porto - O "Vieux-Port" fica ao longo de dois quilômetros nas margens do rio Saint Lawrence. Hoje, como em outras cidades portuárias, a região tornou-se um grande complexo de entretenimento, com lojas, cinemas, restaurantes, bares, pubs e muitas outras atrações. É também um espaço popular para caminhar, andar de bicicleta e patinar no gelo durante o inverno. Para transitar entre um lugar e outro, basta pegar o veículo "Balade Tram", que trafega às margens do cais e tem um guia que conta a história das principais atrações pelo caminho. O Antigo Porto ainda conta com uma singela praia, ao lado da belíssima Torre do Relógio.

Antigo Porto fica às margens do rio Saint Lawrence
Antigo Porto fica às margens do rio Saint Lawrence

Jardim Botânico - Com quase 200 hectares de vegetação, esse é o segundo maior jardim botânico do mundo, atrás apenas do Jardim Real de Kew, em Londres. Além das mais de 25 mil espécies de plantas, o local ainda conta com estufas, jardins temáticos e dezenas de esculturas feitas com os próprios vegetais. O lugar faz parte do complexo "Espace Pour la Vie", que conta ainda com um planetário, insetário e um espaço que recria diferentes ecossistemas.

Jardim Botânico de Montreal só perde para o de Londres em área
Jardim Botânico de Montreal só perde para o de Londres em área

Parc du Mont-Royal - É o Central Park de Montreal. O parque foi criado em 1876 para proteger o monte que serviu de inspiração para o nome da cidade, o Monte Royal. Hoje, a área protegida é uma espécie de "oásis verde" de Montreal, que as pessoas utilizam amplamente como área de lazer - sobretudo no verão. Há gramados perfeitos para piqueniques, ciclovias, pistas de corrida, mirantes e, no inverno, até espaço para esquiar. No alto do Monte Royal - o ponto mais alto da metrópole -, há o Oratoire Saint-Joseph, uma belíssima igreja em estilo renascentista.

Parc du Mont-Royal fica no monte que inspirou o nome da cidade
Parc du Mont-Royal fica no monte que inspirou o nome da cidade

Cidade subterrânea - Montreal tem a maior rede de passagens subterrâneas do planeta. São mais de 30 quilômetros de túneis, construídos para a população se abrigar durante o inverno rigoroso do Canadá. Hoje, as galerias são chamadas de RÉSO, e são compostas por um grande complexo de lojas, restaurantes, passarelas, hotéis, condomínios, bancos, escritórios, museus, estações de metrô... Trata-se de uma grande cidade debaixo da terra.

Parc Jean-Drapeau - Outro parque muito famoso na cidade, o Jean-Drapeau ocupa duas ilhotas da cidade, a ilha Saint-Hélène e a ilha Notre-Dame. Essa geografia peculiar lhe torna um dos parques mais concorridos de Montreal. O local possui trilhas, pistas de corrida, um grandioso parque de diversões e até um cassino.

Parc Jean-Drapeau possui cassinos e até parque de diversões
Parc Jean-Drapeau possui cassinos e até parque de diversões

Museus - Montreal possui mais de 30 museus, muitos deles de renome internacional. Não deixe de visitar o Museu de Belas-Artes, o mais antigo museu de arte do Canadá, o Centro Canadense de Arquitetura, o Museu McCord de História Canadadense e o Museu de Arte Contemporânea, o primeiro dessa temática no país.

Museu de Belas-Artes é um dos mais célebres do Canadá
Museu de Belas-Artes é um dos mais célebres do Canadá

Rue Ste-Catherine - Se Montreal é a Paris norte-americana, podemos dizer que essa é a Champs-Élysées canadense (guardadas as devidas proporções). A Ste-Catherine tem mais de 15 quilômetros de extensão, e abriga a maior parte das lojas de grife, shoppings, cafés e restaurantes luxuosos da cidade. Se for no verão, não deixe de bater perna por essa interminável avenida, que guarda boa parte do glamour canadense.

GOSTOU DA MATÉRIA?

0
0
0
0

Siga a gente

Não perca nada do Pureviagem siga a gente no Facebook e Twitter:

Nossas recomendações

Dicas de Viagem: Montreal! O que fazer na bela cidade canadense

Segunda maior cidade francesa do mundo, Montreal é a capital cultural e gastronômica do Canadá!

Montreal: os melhores bares da cidade canadense

Alguns deles são o Dieu du Ciel!, o Whisky Café e o Brutopia, oferecendo cervejas artesanais, destilados e bons aperitivos

Montreal Botanical Garden: o belo jardim botânico do Canadá

Com mais de 25 mil plantas de diferentes parte do mundo, este é um dos maiores e mais surpreendentes jardins botânicos do mundo

As mais lidas

Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares
Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares

Das Cataratas do Iguaçu aos Lençóis Maranhenses, passando pelo Pantanal, selecionamos 30 paisagens das cinco regiões do país para contemplar e inspirar a viajar pelo Brasil

Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG
Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG

Local foi descoberto na década de 1960, e desde então, atrai ecoturistas por suas belezas naturais. São 18 piscinas, oito cachoeiras e inúmeras opções de passeios

Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"
Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"

O destino alagoano oferece piscinas naturais, praias de águas cristalinas, boa gastronomia e atividades para todos os tipos de viajantes

Comente!

comments powered by Disqus