O que aconteceu com a primeira Vila olímpica do mundo?

A "menina dos olhos" de Adolf Hitler, hoje em ruínas, será transformada em um novo bairro nos próximos dez anos

Na Olimpíada de 1936, cerca de quatro mil esportistas e técnicos de 50 países se hospedaram na Vila

 Na Olimpíada de 1936, cerca de quatro mil esportistas e técnicos de 50 países se hospedaram na Vila

Com a chegada dos Jogos Olímpicos de 2016 ao Rio de Janeiro, cidade sede desta edição, as curiosidades sobre o maior evento esportivo do planeta vieram à tona. Você já viu por aqui fatos interessantes sobre os países que participaram da festa esse ano, mas que tal voltar no tempo e descobrir o que aconteceu com a primeira Vila Olímpica do mundo? A "menina dos olhos" de Adolf Hitler, hoje em ruínas, foi construída há 80 anos em Wustermark, nos arredores de Berlim. Na Olimpíada de 1936, no auge do regime nazista, cerca de quatro mil esportistas e técnicos de 50 países se hospedaram ali.

O complexo da primeira Vila Olímpica do mundo foi planejado para propagar a Alemanha nazista e ter outras finalidades após os jogos. Batizada ironicamente de Vila da Paz, o espaço se tornaria um complexo militar logo depois da partida dos atletas. O conjunto habitacional temporário tinha 141 dormitórios, uma quadra esportiva, piscina coberta, ginásio, restaurante, teatro, pequenas salas para treinamento de luta e pontos de encontro com bancos em áreas verdes. A vila também tinha um moderno sistema de telefonia e um serviço de concierges para atender às necessidades dos visitantes, além de uma uma programação cultural variada, com direito a concertos no café da manhã, almoço e jantar.

A construção do complexo foi caprichada
A construção do complexo foi caprichada

Apesar do conforto aparente, nem todos os participantes dos Jogos de 1936 ficaram lá. Quase mil esportistas, entre eles todas as mulheres que competiram em Berlim, foram hospedados em outros locais, já que os dormitórios foram considerados muito simples. As atletas, então, foram alojadas em uma moradia estudantil localizada quase ao lado do Estádio Olímpico. Homens e mulheres passaram a dividir o mesmo alojamento somente a partir da década de 1990.

Após a saída dos últimos atletas, no início de setembro, a Vila Olímpica, como havia sido planejado, foi ocupada pelos militares, o que resultou em várias transformações. A piscina, o ginásio e a quadra foram preservados para o treinamento dos soldados, enquanto o prédio do teatro virou uma escola militar e o restaurante foi reformado para se tornar um dos hospitais mais modernos da época.

As Olimpíadas de 1936 aconteceram no auge do regime nazista
As Olimpíadas de 1936 aconteceram no auge do regime nazista

O complexo foi utilizado pelos nazistas até o fim da guerra, quando foi ocupado pelo Exército soviético. Mais tarde, na década de 1960, o espaço voltou a receber atletas por ter se tornado um centro de treinamento de um clube militar soviético. Nos anos 1980, foram erguidos três prédios habitacionais típicos da União Soviética, conhecidos na Alemanha como Plattenbau, para abrigar oficiais e famílias de militares transferidos para a região.

Com o fim da União Soviética, em 1992, o complexo foi devolvido ao Estado de Brandemburgo e declarado, no ano seguinte, patrimônio histórico. Praticamente abandonado, o local se tornou alvo de saques e depredações. Em 2005, a Fundação DKB, ligada ao banco de mesmo nome, comprou o espaço e o transformou em um museu a céu aberto. Segundo Barbara Eisenhuth, responsável pelo projeto na fundação DKB, a vila será transformada em um novo bairro nos próximos dez anos.

GOSTOU DA MATÉRIA?

0
0
0
0

Siga a gente

Não perca nada do Pureviagem siga a gente no Facebook e Twitter:

Nossas recomendações

Uma viagem pela Baviera: Conheça a Rota Romântica da Alemanha!

São 400 quilômetros de estrada, que passam por cerca de 28 cidades!

Alemanha: 10 Hotéis em castelos para se sentir a realeza

Já pensou se hospedar no castelo original da Bela Adormecida?

Alemanha: conheça a Rota dos Contos de Fadas dos Irmãos Grimm

Preparamos um roteiro imperdível! Que tal embarcar nessa viagem da fantasia?

As mais lidas

Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares
Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares

Das Cataratas do Iguaçu aos Lençóis Maranhenses, passando pelo Pantanal, selecionamos 30 paisagens das cinco regiões do país para contemplar e inspirar a viajar pelo Brasil

Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG
Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG

Local foi descoberto na década de 1960, e desde então, atrai ecoturistas por suas belezas naturais. São 18 piscinas, oito cachoeiras e inúmeras opções de passeios

Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"
Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"

O destino alagoano oferece piscinas naturais, praias de águas cristalinas, boa gastronomia e atividades para todos os tipos de viajantes

Comente!

comments powered by Disqus