Roteiro de 3, 5 e 7 dias em Praga

Cidade mais visitada do Leste Europeu, Praga impressiona pela grande quantidade de atrações históricas e culturais
Cidade reúne um dos maiores acervos culturais da Europa
Cidade reúne um dos maiores acervos culturais da Europa

Praga não é a cidade mais visitada do Leste Europeu por acaso. Além de sua localização privilegiada - no "meio" da Europa -, a capital da República Checa reúne uma gama incontável de atrações culturais, espalhadas por um território compacto e organizado. Cercada por rios e colinas, a "Cidade das Cem Torres" (por conta da grande quantidade de construções milenares) ainda se destaca na vida noturna, que costuma atrair jovens do mundo inteiro para essa pulsante e charmosa capital.

O território de Praga não é imenso, e a maioria das atrações turísticas estão na região central da cidade (conhecida como Praga 1). Isso permite que os visitantes façam tudo a pé, ou não dependam de carros particulares para circular pelos bairros dessa região. Em três dias já é possível conhecer boa parte dos cartões-postais praguenses, mas se puder, fique mais tempo que isso.

Para ajudar nas suas andanças por Praga, nós elaboramos essa sugestão de roteiro que pode servir como guia na capital tcheca. Veja tudo abaixo!

Roteiro de 3 dias

Dia 1

Como dissemos acima, três dias é tempo suficiente para conhecer Praga, que tem pontos turísticos bem próximos uns aos outros. Por isso, chegue cedo, largue suas malas e comece a desbravar a capital a pé, num tour pela Cidade Velha (ou Staré Město), o coração cultural da capital. Vá direto para a Praça da Cidade Velha, e aproveite para conhecer algumas de suas principais construções históricas - como a Igreja de São Nicolau, a Torre Antiga da Prefeitura, a Igreja de Nossa Senhora Dentro de Týn e o imponente Relógio Astronômico. Não deixe de subir ao topo da torre do Relógio, de onde se tem uma vista panorâmica para a cidade.

Ao entardecer, siga para a Ponte Carlos, um dos pontos de encontro mais célebres de Praga, e aprecie o pôr-do-sol dessa região, que é magnífico. Se ainda tiver disposição, tire a noite para aproveitar os bares e baladas de Praga, que estão entre os melhores da Europa.

Praça da Cidade Velha é o coração turístico de Praga
Praça da Cidade Velha é o coração turístico de Praga

Dia 2

Acorde cedo, e comece o dia desbravando um dos símbolos da imponência arquitetônica da capital: o Castelo de Praga. Inaugurado no século 9, ele é, até hoje, considerado o maior castelo do planeta, com mais de 70 mil metros quadrados erguido no topo de uma colina. Aproveite a manhã inteira para conhecer as áreas externa e interna, com destaque maior para a Catedral de São Vito, a Basílica de São Jorge e a Rua Dourada. Lembre-se que essas são atrações pagas!

Depois de conhecer esse imponente castelo, desça as ladeiras e siga para Malá Strana, bairro igualmente turístico que também abriga muitas atrações culturais. Ele fica do lado oposto à Cidade Velha, tendo o Rio Moldava como referência. Lá, não deixe de conhecer a Igreja de São Nicolau (apesar do nome, não é a mesma da Cidade Velha!), e tirar umas boas fotos no Muro de John Lennon. Termine o roteiro conhecendo o Museu Kafka, uma das instituições culturais mais famosas do Leste Europeu. Termine a tarde dando mais uma passadinha na Ponte Carlos.

Dia 3

É dia de conhecer o Bairro Judeu de Praga (ou Josefov), que apesar de pequeno, reúne uma grande quantidade de atrações turísticas. Prepare-se para um circuito de sinagogas, museus e outros tesouros religiosos que contam um pouco mais sobre a ocupação judaica na capital tcheca. O Museu Judaico, a Sinagoga Velha Nova e o Velho Cemitério Judeu são atrações imperdíveis dessa região.

Castelo de Praga (ao fundo) e Ponte Charles são dois dos principais pontos turísticos da capital tcheca
Castelo de Praga (ao fundo) e Ponte Charles são dois dos principais pontos turísticos da capital tcheca

Roteiro de 5 dias

Dia 4

Em cinco dias, você consegue conhecer Praga com bastante calma, e ainda pode esticar para outros destinos igualmente exuberantes da República Checa. A dica é aproveitar o quarto dia para conhecer um tesouro ainda pouco conhecido dos turistas: Český Krumlov. Localizada a cerca de três horas de Praga, a cidade reúne uma das maiores coleções de construções medievais da Europa. Se puder, prefira pernoitar em Český Krumlov, pois você evita o cansaço dos grandes deslocamentos (são três horas de ida e mais três de volta). Se tiver disposição, o bate-volta é possível.

Český Krumlov fica a cerca de 180 quilômetros de Praga
Český Krumlov fica a cerca de 180 quilômetros de Praga

Dia 5

Voltando à Praga, aproveite para conhecer outros locais menos turísticos da cidade. Colado com a Malá Strana, o bairro de Vyšehrad é uma boa opção, já que não requer grandes deslocamentos, e é servido por metrô (estação Vyšehrad). A grande atração da região é o castelo homônimo, que apesar de não ter a imponência do Castelo de Praga, também impressiona pela arquitetura.

De lá, siga para o bairro Smíchov, onde fica o charmoso Parque Petřín, o "Central Park" da capital tcheca. O gigantesco parque conta com trilhas, monumentos, áreas perfeitas para caminhadas e uma "versão reduzida" da Torre Eiffel, a Torre Petřín. Do alto, o visual impressiona.

Roteiro de 7 dias

Depois de conhecer praticamente tudo na capital tcheca, sugerimos que você aproveite o resto dos dias para, novamente, esticar seu roteiro por outras cidades do país. As cidades de Carlsbad, Plzeň (ou Pilsen para os brasileiros) e Kutná Hora (onde fica o famoso Ossuário de Sedlec) são boas opções. Você também pode aproveitar para atravessar a fronteira, e conhecer cidades como Viena (Áustria), Berlim (Alemanha) ou Budapeste (Hungria). As duas primeiras ficam a pouco mais de 300 quilômetros de distância, enquanto a terceira fica a cerca de 530 quilômetros. O acesso é fácil por ônibus ou trem.

GOSTOU DA MATÉRIA?

3
0
0
0

Siga a gente

Não perca nada do Pureviagem siga a gente no Facebook e Twitter:

As mais lidas

Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares
Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares

Das Cataratas do Iguaçu aos Lençóis Maranhenses, passando pelo Pantanal, selecionamos 30 paisagens das cinco regiões do país para contemplar e inspirar a viajar pelo Brasil

Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG
Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG

Local foi descoberto na década de 1960, e desde então, atrai ecoturistas por suas belezas naturais. São 18 piscinas, oito cachoeiras e inúmeras opções de passeios

Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"
Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"

O destino alagoano oferece piscinas naturais, praias de águas cristalinas, boa gastronomia e atividades para todos os tipos de viajantes

Comente!

comments powered by Disqus