Roteiro de viagem: 3, 5 e 7 dias em Ilha Grande, paraíso no Rio de Janeiro

Entre mangues e restingas, as praias se destacam por exibir uma beleza estonteante e uma atmosfera tranquila
Aventureiro é considerada a praia mais bela de Ilha Grande
Aventureiro é considerada a praia mais bela de Ilha Grande

Com cenários dignos do Caribe, Ilha Grande, na costa Verde do Rio de Janeiro, é a maior ilha do município de Angra dos Reis e uma das mais incríveis da América do Sul. As faixas de areia da região são, em grande parte, cercadas por vegetações da Mata Atlântica. Entre mangues e restingas, as praias se destacam por exibir uma beleza estonteante e uma atmosfera tranquila.

Com tantas características paradisíacas, fica difícil não se apaixonar por Ilha Grande. Se você nunca foi, precisa providenciar uma viagem para ontem! E se já foi, sabe que nunca é demais visitar o lugar. Independente de ser sua primeira vez por aqui ou não, vale a pena conferir os roteiros de 3, 5 e 7 dias a seguir!

Em um passeio de lanche você pode se familiarizar com a região
Em um passeio de lanche você pode se familiarizar com a região

Ilha Grande em 3 dias!

Primeiro dia:

Comece sua aventura pela vila de Abraão. Lá o que não falta são pousadas, hostels e restaurantes. Além disso, é de Abraão que partem os barcos para os principais passeios da ilha. Depois de se familiarizar com o ambiente é hora de explorar a ilha.

Para se ambientar, opte por um passeio de lancha. Conhecido como "Vola à ilha", o tour, que dura o dia inteiro, faz paradas nas principais praias e pontos de mergulho. Quem preferir algo mais curto pode ainda optar pelo roteiro de "Meia Volta", o qual leva os visitantes até as praias da Feiticeira, Saco do Céu, Lagoa Azul, Maguariquessaba e Lagoa Verde. O preço é em torno de R$ 120.

Segundo dia:

No segundo dia você já vai estar se sentindo em casa. Por isso, nada de preguiça! Acorde cedo e comece o dia com um banho de cachoeira para renovar o corpo e a mente. A Cachoeira da Feiticeira, considerada a mais bela da ilha, é cercada de Mata Atlântica e tem uma queda de 15 metros. Nada melhor para o seu batismo por aqui, né? A trilha para chegar até ela dura cerca de uma hora e meia, sendo recomendado fazer o trajeto acompanhado de um guia. Neste caso, o passeio sai a R$ 35 por pessoa.

Seu dia ainda não acabou e por aqui o que impera são os passeios diurnos. Saindo da cachoeira, que tal conhecer uma gruta? Se você gosta de adrenalina não pode deixar de fazer o passeio até a Gruta do Acaiá. O caminho é feito por uma descida de escada improvisada que passa por uma fenda estreita e escura. A recompensa vem logo depois, com um raro espetáculo da natureza: um lago que exibe tons fluorescentes e onde é possível nadar. O fenômeno ocorre devido à incidência dos raios de sol. O passeio sai ao preço de R$ 60, com transporte de barco, frutas a bordo e paradas na Lagoa Verde e em Aripeba - onde as pessoas mergulham e almoçam -, inclusos.

A Lagoa Verde não tem esse nome à toa
A Lagoa Verde não tem esse nome à toa

Terceiro dia:

Se este é o seu último dia em Ilha Grande ele precisa valer (muito!) a pena. Acorde cedo, não perca tempo e vá até a Praia do Aventureiro, considerada a mais bela da região. Situada entre as serras da Mata Atlântica e do Oceano Atlântico, a vila de pescadores da praia fica junto da Reserva Biológica Estadual da Praia do Sul. A paisagem é incrível e cheia de belezas naturais. A água cristalina faz com que o fundo do mar seja visível. Tem como não se apaixonar?

Mas seu dia ainda não acabou e ele precisa valer cada segundo, né? Por isso termine sua viagem em uma visita a Lagoa Verde. O motivo do nome não é difícil de entender. As águas claras do mar refletem a mata verde que o cerca, deixando-o dessa cor. Para fechar a viagem com chave de ouro não descarte uma ida até a Praia Abraãozinho. Apesar de pequena, a praia exibe cenários caribenhos, com águas cristalinas.

Lopes Mendes é garantia de paz e belas paisagens
Lopes Mendes é garantia de paz e belas paisagens

Ilha Grande em 5 dias!

Aproveite o roteiro acima para garantir os principais lugares de Ilha Grande. Para os outros dias, siga o roteiro abaixo.

Quarto dia:

Especialmente se você curte surfe, a Praia de Lopes Mendes precisa estar nos seus planos. Essa praia é o paraíso dos surfistas. Os três quilômetros de extensão reúnem belezas incríveis e maravilham qualquer pessoa que pisa na sua areia, com tons verdes e azulados da água e a grande vegetação em volta. As condições do mar são ótimas para a prática do surfe.

Depois da praia, que tal a lagoa? Siga de Lopes Mendes para a Lagoa Azul. A piscina natural com fundo arenoso, algumas rochas e água em tom azul está localizada entre duas ilhotas na região de Freguesia de Santana, em Ilha Grande. As embarcações ficam ancoradas e os visitantes podem descer para nadar, flutuar, praticar snorkel ou alimentar os peixinhos.

Não deixe de conhecer o Aqueduto
Não deixe de conhecer o Aqueduto

Quinto dia:

Bora fazer trilha? Tire o quinto dia para aproveitar o clima e o cenário de Ilha Grande por caminhos incríveis em meio à Mata Atlântica. As diversas trilhas vão te levar a praias paradisíacas e cachoeiras com águas refrescantes. Existem vários níveis de dificuldade e duração, variando entre percursos de dez minutos a até quatro horas. Analise seu desempenho físico para não passar sufoco!

Para terminar o dia com um misto de belas paisagens e cenários históricos, visite o Aqueduto. Construído em 1873 com pedras e óleo de baleia, o aqueduto é formado por 26 arcos em uma sequência de 125 metros de extensão. Servia para abastecer de água o Presídio do Lazareto, que hoje se encontra em ruínas. Abandonada no meio da mata, a construção é aberta para visitação. Na trilha de acesso, você vai se deparar com uma cachoeira com poço para banho, além de paisagens belíssimas.

O alto do Pico do Papagaio a vista panorâmica é espetacular
O alto do Pico do Papagaio a vista panorâmica é espetacular

Ilha Grande em 7 dias!

Sexto dia:

Ainda na vibe "história", o sexto dia pode ser dedicado a uma visita até um dos dos faróis mais antigos da costa brasileira, o Farol de Castelhanos, construído no século 19 e inaugurado em 1900. O local conserva seu projeto original de técnica francesa com mecanismos puramente mecânicos e lentes de cristal. Situada na ponta extrema de Ilha Grande, a construção vale uma visita, especialmente por sua beleza e riqueza histórica.

De lá siga para o Pico do Papagaio. Com 982 metros de altitude, este é o segundo mais alto de Ilha Grande, atrás apenas do Pico da Pedra, com 1.035 metros. Do topo do Pico do Papagaio se tem uma vista panorâmica de quase toda a ilha e do continente, desde Angra dos Reis até a Restinga da Marambaia. Nadal mal, hein?

Ilha Grande tem cenários paradisíacos
Ilha Grande tem cenários paradisíacos

Sétimo dia:

Chegou ao fim sua viagem, mas não antes de aproveitar o último dia com toda a intensidade que a ilha oferece. De manhã a boa é curtir a Praia Grande das Palmas, que tem esse nome por causa do grande número de coqueiros que cercam a orla.

Depois, é hora de aproveitar outro paraíso. Dedique a parte da tarde a Praia Saco do Céu. O lugar é um santuário ecológico rico em biodiversidade, com um mar extremamente calmo, onde, em noites de céu estrelado, é possível ver as estrelas refletidas na água. Durante o verão, é grande o tráfego de embarcações, que trazem pessoas que vão praticar esqui aquático e jet ski. A praia é rodeada por manguezais e tem uma grande vida marinha feita de crustáceos, conchas e ostras.

GOSTOU DA MATÉRIA?

4
0
0
0

Siga a gente

Não perca nada do Pureviagem siga a gente no Facebook e Twitter:

Nossas recomendações

Rio de Janeiro pode ficar sem sua Árvore de Natal mais famosa em 2016

Árvore de Natal da Lagoa não será construída em 2016 por falta de patrocínio

Hostel no Rio de Janeiro! Se prepare para o Réveillon

Conheça algumas opções econômicas para você passar a virada do ano na praia mais famosa do Brasil!

Rio de Janeiro disputa título de melhor destino do mundo. Veja os concorrentes!

Lista feita pelo portal americano Travel + Leisure traz destinos consagrados, como Paris e Orlando, e algumas surpresas

As mais lidas

Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares
Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares

Das Cataratas do Iguaçu aos Lençóis Maranhenses, passando pelo Pantanal, selecionamos 30 paisagens das cinco regiões do país para contemplar e inspirar a viajar pelo Brasil

Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG
Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG

Local foi descoberto na década de 1960, e desde então, atrai ecoturistas por suas belezas naturais. São 18 piscinas, oito cachoeiras e inúmeras opções de passeios

Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"
Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"

O destino alagoano oferece piscinas naturais, praias de águas cristalinas, boa gastronomia e atividades para todos os tipos de viajantes

Comente!

comments powered by Disqus