Roteiro de viagem: 3, 5 ou 7 dias em Ouro Preto!

Cidade impressiona por suas construções históricas de arquitetura barroca. Saiba o que fazer na região
Ouro Preto reúne o maior conjunto de construções barrocas do Brasil
Ouro Preto reúne o maior conjunto de construções barrocas do Brasil

Ouro Preto é, de longe, a cidade histórica mais visitada de Minas Gerais. E basta percorrer suas ruas de pedra para entender tamanho fascínio dos turistas: o município é um verdadeiro museu ao ar livre, com centenas de construções barrocas datadas dos séculos 18 e 19, período em que era a capital de Minas Gerais, e principal expoente do Ciclo do Ouro. Hoje, as valiosas pedras perderam a força econômica na região, mas deixaram heranças históricas inigualáveis, estampadas em casarões, igrejas e monumentos de arquitetura barroca.

É possível conhecer o maior conjunto de construções barrocas do Brasil em um final de semana, mas o ideal é ficar pelo menos quatro dias na cidade. Com mais tempo, você pode esticar o roteiro até municípios vizinhos, como Mariana, Congonhas e até Belo Horizonte. Se pretende conhecer outras cidades, considere alugar um carro.

Para você aproveitar melhor sua viagem, elaboramos um roteiro de 3, 5 e 7 dias por essa região. Veja tudo a seguir!

Roteiro de 3 noites

Dia 1

Como não poderia ser diferente, o primeiro dia é inteiramente dedicado a desbravar o Centro Histórico de Ouro Preto. Largue suas malas onde estiver hospedado e comece a caminhar pelas ladeiras (haja disposição!), admirando os museus, as igrejas e os casarões coloniais. Não deixe de visitar a Praça Tiradentes, local onde Tiradentes teve a cabeça exposta e que hoje abriga boa parte das construções icônicas da cidade. Conheça o Museu da Inconfidência, e as exuberantes Igreja de Nossa Senhora do Pilar e de São Francisco de Assis. À noite, aproveite os badalados bares do centro.

Praça Tiradentes é um dos principais cartões-postais de Ouro Preto
Praça Tiradentes é um dos principais cartões-postais de Ouro Preto

Dia 2

Comece o segundo dia conhecendo o Museu do Oratório, instituição dedicada à preservação de oratórios e artes sacras. O museu fica no edifício anexo à Igreja do Carmo. Em seguida, deixe o Centro Histórico para ir até a Mina du Veloso, que tem mais de 300 anos de existência e ainda preserva as antigas estruturas. O local conta a história da mineração e da escravidão em Ouro Preto, quando a cidade ainda era capital de Minas Gerais. Entre um passeio e outro, aproveite para almoçar no restaurante Contos de Réis, que fica dentro de um casarão barroco e serve pratos em panelas de barro, à moda antiga. A comida mineira, claro, é a rainha do menu

Dia 3

Pegue o belíssimo trem Maria-Fumaça em Ouro Preto e desembarque em Mariana, a mais antiga das cidades mineiras. Assim como o município vizinho, Mariana também preserva grande parte de sua arquitetura histórica, estampada nos casarões coloniais que se espalham pelas ruelas bucólicas. As igrejas são o grande destaque, principalmente as de Nossa Senhora do Carmo, São Francisco de Assis e a Catedral Basílica da Sé.

Apesar de preservar as raízes do século 19 - quando a Maria Fumaça foi criada - o trem é moderno e tem vista panorâmica
Apesar de preservar as raízes do século 19 - quando a Maria Fumaça foi criada - o trem é moderno e tem vista panorâmica

Roteiro de 5 noites

Dia 4

Dessa vez não tem Maria-Fumaça, mas ainda assim é um passeio imperdível. No quarto dia, aproveite para conhecer Congonhas, cidade histórica que também fica bem pertinho de Ouro Preto. O município abriga uma das mais emblemáticas construções barrocas do país. O Santuário do Bom Jesus de Matosinhos é um verdadeiro complexo arquitetônico, com um riquíssimo acervo artístico elaborado por símbolos do estilo Barroco, como Aleijadinho e Mestre Ataíde. O monumento mais emblemático do conjunto são as estátuas dos Doze Profetas De Aleijadinho: esculturas feitas de pedra sabão, em homenagem à figuras bíblicas. Também não deixe de conferir os museus da cidade, como o Museu Romaria, o Museu de Mineralogia e Arte Religiosa e o Museu da Imagem e Memória de Congonhas.

Dia 5

Você pode até fazer o bate-volta mas o ideal é fazer o check-out em Ouro Preto e fixar hospedagem em Belo Horizonte (ou conhecer a capital mineira primeiro). No quinto dia, aproveite para conhecer Brumadinho, cidade vizinha de "Beagá" que é famosa por abrigar o premiado Instituto Inhotim, o maior museu a céu aberto da América Latina. Criado em 2004, o gigantesco espaço tem quase 100 hectares de natureza e arte abertos à visitação. São mais de 500 obras grandiosas espalhadas que se misturam com a vegetação abundante da reserva. Há ainda um Jardim Botânico com mais de quatro mil espécies de plantas. Depois, aproveite a noite de Belo Horizonte.

Inhotim: arte moderna e natureza
Inhotim: arte moderna e natureza

Roteiro de 7 noites

Dia 6

Dedique o sexto dia de sua viagem para desbravar Belo Horizonte, a primeira cidade planejada do Brasil. O bucólico e o moderno se harmonizam perfeitamente na capital mineira, principalmente nas praças e nos parques, sempre cercados de prédios imponentes e edifícios emblemáticos. Aproveite para conhecer o Complexo Arquitetônico da Pampulha, situado na Lagoa da Pampulha - um dos maiores cartões postais da cidade. Caminhe pelas áreas arborizadas, e não deixe de visitar os prédios icônicos projetados por Oscar Niemeyer, como a Igreja de São Francisco de Assis, o Iate Tênis Clube, a Casa do Baile e o Museu de Arte Moderna de BH. Se sobrar tempo, faça a visita guiada ao Estádio do Mineirão, remodelado para a Copa do Mundo de 2014

Dia 7

Para completar o roteiro por Belo Horizonte, aproveite o último dia para conhecer o Circuito Cultural Praça da Liberdade, um conjunto com 12 espaços culturais e museus na Praça da Liberdade, um dos principais cartões-postais da cidade. O Arquivo Público Mineiro, o Centro de Arte Popular Cemig, o Museu das Minas e do Metal e o Museu Mineiro são alguns de seus atrativos. Por fim, vá ao Mercado Central e peça um dos pratos típicos da culinária mineira. Sustância para voltar à rotina!

GOSTOU DA MATÉRIA?

2
1
1
0

Siga a gente

Não perca nada do Pureviagem siga a gente no Facebook e Twitter:

Nossas recomendações

Roteiro de viagem: 3, 5 ou 7 dias em Ouro Preto!

Cidade impressiona por suas construções históricas de arquitetura barroca. Saiba o que fazer na região

Dicas de Viagem: Ouro Preto! O que fazer na cidade histórica de MG

Uma das principais cidades históricas do Brasil, Ouro Preto possui o maior conjunto de arquitetura barroca do país, e também se destaca na gastronomia

Ouro Preto: o charme do interior de Minas Gerais

Conheça a cidade esculpida pelas mãos de Aleijadinho

As mais lidas

Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares
Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares

Das Cataratas do Iguaçu aos Lençóis Maranhenses, passando pelo Pantanal, selecionamos 30 paisagens das cinco regiões do país para contemplar e inspirar a viajar pelo Brasil

Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG
Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG

Local foi descoberto na década de 1960, e desde então, atrai ecoturistas por suas belezas naturais. São 18 piscinas, oito cachoeiras e inúmeras opções de passeios

Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"
Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"

O destino alagoano oferece piscinas naturais, praias de águas cristalinas, boa gastronomia e atividades para todos os tipos de viajantes

Comente!

comments powered by Disqus