Toscana: um passeio pela bela região

A dica é reservar pelo menos uma semana para conhecer os museus, igrejas, cidades historicas e vinícolas imperdíveis
As vinícolas da região são imperdíveis

Quem estiver planejando uma viagem para a Itália não pode deixar de incluir a Toscana no roteiro. A dica é reservar pelo menos uma semana para conhecer a região, que oferece museus, igrejas, cidades historicas e vinícolas imperdíveis. A melhor época para conhecer o destino italiano vai depender do propósito de cada viajante.

Quem tiver interesse maior em praticar atividades ao ar livre deve se programar para ir entre abril e novembro. Já os que quiserem visitar museus, galerias e igrejas podem optar pelo inverno, quando os principais pontos turísticos não ficam tão cheios. Vale lembrar que independente da época, a boa é alugar um carro para fazer as tradicionais paradas. As estradas têm boas condições, sinalização e, de quebra, uma paisagem espetacular pela janela.

Existem seis destinos na Toscana que você não pode deixar de incluir no seu roteiro, especialmente por eles terem sido declarados Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. São eles: a cidade de Florença, a praça da catedral de Pisa e sua famosa torre inclinada, o centro histórico de Siena, a pequena San Gimignano, o casario medieval de Pienza e Val d'Orcia.

O principal centro turístico da Toscana, porém, é Florença e, por isso mesmo, parada obrigatória para quem visita a região. De lá chegam e partem trens que cruzam a península da Itália, vindos de destinos como Roma, Milão, Bologna e Veneza. A cidade também abriga um aeroporto internacional de onde chegam voos de outros lugares da Europa, como Amsterdã, Frankfurt, Copenhague e Londres. Em Florença você vai se deparar com o incrível Duomo de Brunelleschi, a Galleria degli Uffizi, e várias outras grandes atrações.

Ao sair de Florença a dica é seguir para Siena, situada próxima à rota dos vinhos Chianti. Ao chegar você vai ver um charmoso centro amuralhado, além da monumental praça onde acontece a tradicional corrida de cavalos chamada de Palio. Depois de Siena é hora de conhecer o Campo dei Miracoli de Pisa, onde estão os emblemáticos edifícios da catedral, do cemitério, do batistério e do campanário, a torre inclinada.

Depois, pegue o carro e siga alguns quilômetros adiante até chegar em Lucca, onde um ar bucólico toma conta da atmosfera da cidade considerada uma joia da Toscana. Por fim, não deixe de conhecer Arezzo, na região Leste, onde o destaque fica por conta da igreja de São Francisco, onde estão os arrebatadores afrescos de Piero della Francesca.

Confira, na galeria acima, os encantos da Toscana!

GOSTOU DA MATÉRIA?

0
0
0
0

Siga a gente

Não perca nada do Pureviagem siga a gente no Facebook e Twitter:

Nossas recomendações

A residência oficial de verão do Papa está aberta para visitantes

Depois dos jardins de Villa Barberini e da Galeria dos Retratos, abertos em 2014 e 2015 respectivamente, os visitantes agora podem conhecer os aposentos dos papas

Vaticano: saiba mais sobre os museus do menor país do mundo

São mais de dez galerias, salas e museus!

Itália: Vale de Aosta é perfeito para viagens românticas e esporte de inverno

Dizem que a região parece um pedacinho da França no meio da Itália

As mais lidas

Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares
Brasil fantástico: confira 30 paisagens brasileiras espetaculares

Das Cataratas do Iguaçu aos Lençóis Maranhenses, passando pelo Pantanal, selecionamos 30 paisagens das cinco regiões do país para contemplar e inspirar a viajar pelo Brasil

Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG
Conheça o Paraíso Perdido, complexo com 18 piscinas naturais em MG

Local foi descoberto na década de 1960, e desde então, atrai ecoturistas por suas belezas naturais. São 18 piscinas, oito cachoeiras e inúmeras opções de passeios

Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"
Maragogi: confira os encantos do "Caribe Brasileiro"

O destino alagoano oferece piscinas naturais, praias de águas cristalinas, boa gastronomia e atividades para todos os tipos de viajantes

Comente!

comments powered by Disqus